domingo, 23 de agosto de 2015

OPINIÃO | Irène - Pierre Lemaître


Título Original: Irène
Ano de Publicação em Portugal: N.A.
Editora: 
N.A.
Preço Editora: 
N.A.

Sinopse (em inglês): For Commandant Verhœven life is beautiful: he is happily married, expecting his first child with the lovely Irène.

But his blissful existence is punctured by a murder of unprecedented savagery. Worse still, the press seem to have it in for him – his every move is headline news. When he discovers that the killer has killed before – that each murder is a homage to a classic crime novel – the fourth estate are quick to coin a nickname . . . The Novelist . . . 

With both men in the public eye, the case develops into a personal duel, each hell-bent on outsmarting the other. There can only be one winner – whoever has the least to lose . . .


Opinião: Este livro veio parar à minha to-read list após ter experimentado um dos melhores livros que li este ano: "Alex". Gostei tanto das personagens, do estilo, da escrita e da imprevisibilidade. 
Li a versão em inglês de "Irène" pois não existe a versão portuguesa.

"Irène" em nada se compara com "Alex". 
"Irène" foi uma desilusão tão grande que nem consegui terminar, tentei, por várias vezes, levar a leitura até ao fim mas não consegui passar de meio.

A história tem por base dois homicídios extremamente violentos, todos os detalhes são descritos de uma forma arrepiante e nada breve, Lemaître tenta chegar aos fãs do género policial mais negro e sombrio, pessoalmente achei a descrição exagerada e desnecessária.

Toda a narrativa é demasiado pesada e o desenrolar muito lento, na primeira metade do livro nada se passa e penso que este foi o principal motivo que me levou a perder o interesse pela história.

Não recomendo (mesmo) a leitura.

Cotação: 1/5




Sem comentários:

Enviar um comentário